Repertório Familiar (ou vergonha coletiva?)

Tem dia que você não acorda bem, parece que tudo conspira contra você (principalmente teu filho de 1 ano). Sabe aquele dia em que até dor de dente resolve dar as caras? Pois foi exatamente assim que me senti hoje.

Mas então, depois do dever cumprido  almoço, louça lavada e pimpolho dormindo, fui dar uma volta nos blogs dazamiga, e me deparo com esse texto aqui. Até esqueci da dor de dente de tanto rir!!! Impressionante como tem gente que faz um bem danado pra gente e nem sabe, né não?

E eis que surge uma proposta que já estou aderindo: revelar, sem dó nem piedade, as loucuras e repertórios familiares (e que me perdoem os envolvidos...)

Porque, vamos combinar, de médico e louco todo mundo tem um pouco! E se tratando de família, meus amigos, ninguém escapa...

Já contei pra vocês aqui sobre um cardápio muito peculiar da minha família. Agora vou revelar algumas pérolas do nosso dicionário familiar:

- Aqui em casa, não se faz aniversário. O que se comemora é averesário. E foi tão bem aceito, que nossos amigos falam assim também (tá vendo como a loucura contagia?).

- Meu marido só dorme com dente de durmir (nome dado pela Isa para o...como se chama mesmo aquele negócio que se usa contra bruxismo?)

- Isabela é a única criança que conheço que não gosta de pitia (ou pizza para os menos entendidos).

- Davi por meses se chamou Gavi.

- Minha filha deve detestar um tal de Paulo (apesar de achá-lo um gato), porque é  todo dia : atirei o Paulo gato, mas o gato-to, não morreu-reu-reu... (O engraçado é que o admirou-se-se ela fala direitinho...)

- Chumiga (ao invés de formiga). Tem até um bichinho de pelúcia com esse nome...

- Ai sigo lei, ai sigo lei... co co rex (versão Isabela 2.0 para a música All the single ladies da Beyoncé. Co co rex nada mais é que put your hands up).

- Dinossauro Rex trata-se de uma nova espécie do referido bicho.

- Alais. Aliás, essa é muito usada aqui em casa por todos... não dá para evitar!

- Meu sobrinho adora doléfi. Quem manda o pai perguntar: qué dolé filho? Virou doléfi por aqui.

- Meu irmão chamava criado mudo de servo mudo.

- Conheço uma que cantava: "no escurinho do cinema, comendo drops caninos" (hã?)


E então, lembrou de alguma?
Me conta, vai. Não me deixa passar vergonha sozinha...

;)





1 comentários:

Anônimo,  28 de fevereiro de 2012 06:11  

Olá Bom dia,
Estive vendo seu site e ele é muito bom, parabéns! E o foco do seu site é muito importante para nossos leitores.
Por isso venho te convidar a conhecer e participar do Agrega Pais, o único agregador de links exclusivo com assuntos para papais mamães, avós e a família em geral.

Nele vc pode divulgar seu site sem custos apenas participando e para participar você pode enviar um link direto pelo site e também pode se tornar parceira com possibilidade de divulgarmos ainda mais seu blog. E melhor, tudo isso de graça!
Uma ótima forma para você aumentar seus leitores.

http://agregapais.com.br/
Att,
Edna Corsi

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget

  © Mulher, Mãe, Filha e Cia

Design by Emporium Digital