Das coisas difíceis de se explicar

Tenho o costume de comprar flores e espalhar pela casa. São arranjos simples, em garrafas de vidro vazias, nada sofisticado...

Gosto assim. Acho que deixa a casa com cara de lar.

E o mais gostoso é que a Isabela curti isso também. Ela percebe cada flor nova que trago pra casa. Elogia, aprecia... uma fofa!

Mas tem uma coisa que sempre me incomodou, me dá uma sensação ruim.  Não gosto de jogar as flores depois que morrem. Não gosto, mas também não ficava filosofando, pscanalisando, pensando sobre o por quê disso.

Até hoje.

Hoje Isabela notou que estavam faltando dois arranjos e me perguntou onde estavam as flores. Nesse exato momento eu sabia que estava encrencada... Conheço bem minha filha! Por isso pensei muito em como iria abordar esse assunto:

- Bom filha, tive que tirar as flores porque... porque... ah elas murcharam.

- Elas morreram mamãe?

- Ai, chegou no ponto que eu não queria...Vamos dizer que sim filha (como se fosse possível morrer mais ou menos!)

- Onde elas estão mamãe?

- Ai, estou cada vez mais encrencada... No lixo meu amor. Que tal fazermos um bolo de chocolate?

- NO LIXO?!?! TADINHA DAS FLORZINHAS MAMÃE! CADÊ? EU QUERO VER... BUUUUÁÁÁÁ

- Calma filhota... vem aqui com a mamãe.

E então olha pra mim e faz aquelas perguntas que só crianças sabem fazer: 

- Por que as florzinhas enfentam a nossa casa e depois elas tem que morrer? É o destino delas mamãe? Elas sabem que vão enfeitar as casas das pessoas e depois vão morrer? BUUUUÁÁÁ!!!

Neste momento EU estava quase chorando, pensando nas flores mortas no lixo de casa, me sentindo uma assassina de flores, de uma crueldade sem tamanho!

Foi então que percebi que o que minha filha disse era exatamente o que me incomodava. Mas também foi nesse momento, quando estava pensando no que iria dizer à ela,  que entendi que o papel daquelas flores era enfeitar a minha casa, nos deixar mais felizes. Foi para isso que elas nasceram e para isso elas iriam morrer. Pronto.

Na minha cabeça estava resolvido. Mas como explicar isso à uma criança de 3 anos e meio?

- Filha, as flores foram feitas para enfeitar nossa vida, trazer cor, mais alegria... o que mais eu falo meu Deus?

- Então mamãe, que tal a gente sair pra comprar outras flores. Eu quero amarelas. Amarelo fica lindo na nossa casa! 

E Isabela escolheu lindas gerberas amarelas para enfeitar nossa sala...

Graças a Deus pela praticidade das crianças!!!

 : )

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares

Ocorreu um erro neste gadget

  © Mulher, Mãe, Filha e Cia

Design by Emporium Digital